TERRA NULLIUS

1 / 6
All Projects

TERRA NULLIUS é um espetáculo-percurso que tenta capturar a experiência de um lugar distante. Terra Nullius foi um termo criado pela lei internacional para definir territórios que não pertenciam a ninguém e por isso podiam ser ocupados. Ainda hoje existem territórios Terra Nullius como: Bir Tawill (uma faixa de terra entre o Egipto e o Sudão), a Antártida, o mar internacional e a Lua. Mas Terra Nullius encerra também um significado poético. Uma ideia de território inexplorado, uma espécie de oásis de liberdade onde seria possível recomeçar e repensar a nossa ideia de sociedade.

Durante um ano, Paula Diogo esteve em Reykjavik a desenvolver um projeto que tentava capturar uma ‘experiência do lugar’ cruzando-a com narrativas pessoais e coletiva. Como procedimento usou duas acções simples: caminhar e escrever.

A criação de TERRA NULLIUS prevê um espetáculo que transborda do espaço do teatro, ocupando a geografia urbana da cidade e o espaço virtual de discussão e pensamento. A versão final do projeto tem estreia prevista para Outubro de 2020 no Teatro Nacional D. Maria II.


direção de projeto, criação e performance Paula Diogo criação sonora João Bento desenho de luz Daniel Worm apoio à dramaturgia Alex Cassal apoio à criação Estelle Franco/BE, Renato Linhares/BR, Alfredo Martins espaço e coordenação da publicação FRAME Colectivo e Elsa Mencagli/IT-DK (estagiária Erasmus +) vídeo e design gráfico Masako Hattori/ES  fotografia de cena M.Zakrzewski/PL fotografia promocional Pedro Lacerda seleção fotográfica publicação João Tuna traduções e revisão Joana Frazão produção executiva Vanda Cerejo

coprodução Má-Criação e Teatro Nacional D. Maria II residência de co-produção O Espaço do Tempo, Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, CITEMOR parceiros Alkantara e Galeria Zé dos Bois. 

Trabalho desenvolvido como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian e Fundo Cultural da GDA. Projeto financiado pela República Portuguesa – Cultura | DGARTES – Direção Geral das Artes.

ESTREIA

Teatro Nacional D. Maria II (Lisboa), de 1 a 11 de Outubro 2020

Apresentado em fase de desenvolvimento nas estruturas LHÍ – Iceland Academy of Arts (Reykjavik IS) e CITEMOR (Montemor-o-Velho).