SUBTERRÂNEO, UM MUSICAL OBSCURO

SUBTERRANEO
SUBTERRANEO
SUBTERRANEO
SUBTERRANEO
SUBTERRANEO
SUBTERRANEO
SUBTERRANEO
1 / 7
All Projects

SUBTERRÂNEO, UM MUSICAL OBSCURO é uma colaboração entre os portugueses da Má-Criação e os brasileiros dos grupos Foguetes Maravilha e Dimenti, reunindo artistas que desde 2009 se têm encontrado nos dois lados do Atlântico. O ponto de partida para este projeto foram as notícias sobre os 33 homens presos num desabamento na Mina San José, no Chile, em 2010. Foram dias que se tornaram semanas que se tornaram meses até ao seu resgate, confinados numa pequena caverna a 700 metros de profundidade e talvez contando histórias uns aos outros durante este tempo.

A imagem de um grupo de pessoas aprisionadas debaixo da terra serve de impulso para falar do mundo que nos rodeia e desafia continuamente com muros, incêndios, bombas e discursos. A caverna aqui não é um lugar seguro e estável, mas um território em permanente movimento, a engolir-se a si mesmo, um território obscuro onde corpos e sombras se confundem. Este é um espetáculo que se escuta antes de se ver; por vezes, surge o breve brilho de uma lanterna, um lampião, um farol a atravessar a penumbra. Nesta escuridão, atores e espectadores podem dormir, por vezes sonhar.


conceção Alex Cassal e Paula Diogo texto Alex Cassal e Felipe Rocha encenação Paula Diogo e Renato Linhares com Alegria Gomes, Cláudia Gaiolas, Crista Alfaiate, Fábio Osório Monteiro, Felipe Rocha, João Lopes Pereira, Marco Mendonça, Renato Linhares e Yaw Tembe músico em substituição João Almeida direção musical e música original Felipe Rocha desenho de luzes Tomás Ribas assistência de luz André Boneco espaço cénico F. Ribeiro assistência de cenografia Saulo Santos figurinos José António Tenente desenho de som Sérgio Henriques assistência de som Francisco Serrano e Gonçalo Carlos apoio dramatúrgico e tradução Joana Frazão músico substituto João Almeida direção de produção Paula Diogo e Daniela Ribeiro produção executiva Carlos Alves, Ana Barros e Fábio Osório Monteiro difusão e comunicação Carlos Alves fotografias Estelle Valente e João Tuna residência de coprodução O Espaço do Tempo e Centro de Experimentação Artística do Vale da Amoreira/Moita produção Má-Criação, Dimenti e Foguetes Maravilha coprodução São Luiz Teatro Municipal parceiro CAMPUS Paulo Cunha e Silva apoio Galeria Zé dos Bois apoio à divulgação Antena 2

financiamento República Portuguesa – Cultura / Direção Geral das Artes

A Má-Criação é uma estrutura apoiada pela CML e acolhida pelo Alkantara.

Paula Diogo é uma artista apoiada pela apap – FEMINIST FUTURES – projeto co-financiado pelo Programa Europa Criativa da União Europeia.

ESTREIA

São Luiz Teatro Municipal, Lisboa PT, Julho 2022

CIRCULAÇÃO

São Luiz Teatro Municipal (on-line), Lisboa PT, Julho 2022
Estabelecimento Prisional de Lisboa (on-line), Lisboa PT, Julho 2022
FITEI – Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, Porto PT, Maio 2023

TRAILER